Segurança em Nuvem: Responsabilidade é melhor quando é compartilhada

“Cantar um dueto junto significa compartilhar com alguém tanto o prazer como a responsabilidade.” – Andrea Bocelli

Quando você muda suas cargas de trabalho para a Amazon Web Services, você libera uma segurança física de classe mundial, energia, refrigeração e conectividade de rede global. Você não precisa se preocupar em manter as pessoas fora do data center, ou fazer checagens de acesso ou verificação de antecedentes para o pessoal de gestão do hardware. A AWS cuida de muitos desses aspectos de segurança. De fato, muitas empresas pensam que não podem atingir o nível de conformidade e certificações que a AWS tem e que sua infraestrutura de nuvem é mais segura que a delas no local.

Porém, isso não significa que seu trabalho está feito.

Sua parte da responsabilidade é proteger as aplicações, sistemas operacionais, dados e, o mais importante, a configuração do serviço. Por exemplo, você é responsável por configurar adequadamente a gestão de identidade e acesso, grupos de segurança, suas estruturas de rede virtual e outros.  Você é responsável pelas vulnerabilidades da aplicação, atualizações de sistema operacional, comunicações seguras, proteção de dados e principalmente, a confidencialidade, integridade e disponibilidade de suas cargas de trabalho.

A AWS fornece uma orientação útil em aws.amazon.com/security sobre modelo de responsabilidade compartilhada e você pode saber mais sobre como a Trend Micro pode ajudá-lo a atender suas responsabilidades de segurança compartilhadas em aws.trendmicro.com.

Para fazer suas cargas de trabalho realmente “cantarem”, compartilhe a responsabilidade de segurança com a Amazon Web Services.

Interessado em saber mais sobre as boas práticas para proteger cargas de trabalho na AWS? Leia o estudo da Gartner sobre boas práticas para proteger cargas de trabalho na AWS.