Cibersegurança: Telecom é setor mais afetado por ransomware

Os ataques de ransomware, malware que impede ou limita o acesso dos usuários aos arquivos ou computadores e força a vítima a pagar um resgate, estão cada vez mais frequentes e isso vem causando prejuízos e danos para as empresas.

No ano passado, uma única família de ransomware foi responsável pela perda de US$ 325 milhões nos EUA. Além disso, somente no primeiro semestre de 2016, houve um aumento de 172% no número de novas famílias.

Segurança digital nas empresas

Recentemente, a Trend Micro realizou uma pesquisa intitulada de Análise do perfil de risco de exposição a Ransomware, com mais de 500 empresas nacionais e internacionais, para entender o nível de proteção em relação aos casos de ransomware.

O segmento de Telecomunicações foi identificado como o mais afetado por este tipo de ataque (75%), seguido por Varejo (60%) e Utilities (50%). Já o setor financeiro foi o menos atingido e mesmo assim teve 35% de ataques realizados.

A partir deste estudo é possível concluir que 70% das companhias não realizam análises sandboxing e 43% dos entrevistados não usam nenhuma ferramenta de tecnologia para impedir os ataques de ransomware.

Aumente a proteção na sua empresa

A previsão para 2017 é que continue o crescimento de ransomware, porém usando métodos de ataques mais diversificados.

Sendo assim, antes de tudo é preciso lembrar que o principal meio de infecção continua sendo o e-mail, por isso a necessidade cada vez mais das empresas em conscientizarem os seus funcionários.

Como os cibercriminosos disseminam ameaças

 

Hoje em dia existem até mesmo kits completos para ataques de ransomware à venda na deepweb e a facilidade para pagamento do resgate em bitcoins traz um retorno financeiro para o atacante muito mais rápido do que outras modalidades de ataque.

As empresas confiam muito nos dados de backup e nos planos de recuperação como a principal defesa contra ransomwares. Uma abordagem de segurança em multicamadas, como recomendado pela Trend Micro, criando uma proteção para as bordas, proteção para a rede, proteção de dados dos usuários/endpoints e proteção para os servidores (Físicos, Virtuais ou em Nuvem), ganhando uma ampla visibilidade para elevar o nível de segurança das empresas mitigando o risco de ransomware.

Portanto, crie uma estratégia de segurança digital para sua companhia, adote medidas para proteger os riscos e possível ataque de ransomware.